RANKING: 10 Filmes de HERÓIS EM MINIATURA que não são o HOMEM-FORMIGA

inner-space

O herói da Marvel é um grande sucesso nas telas, mas não foi o primeiro micro-herói do cinema e TV. Conheça outros!

 Por Eduardo Marchiori

O novo filme da Marvel Studios, Homem-Formiga, que acaba de estrear nos cinemas, apresenta um super-herói com um poder bem inusitado: ele é capaz de reduzir seu tamanho e, com o auxílio de um capacete cibernético, pode se comunicar com as formigas e utilizá-las como aliadas.

A ideia de um ser humano ser reduzido de tamanho, porém, já existia bem antes da criação do herói e a ficção científica e a fantasia sempre fizeram uso dessa premissa para criar grandes obras. No já distante século 17, o inglês Benjamin Tabart já contava as aventuras do garoto João, que troca sua vaca por um punhado de feijões mágicos e é levado por eles a um reino estranho habitado por um gigante.

Esta foi a história mais antiga de que consegui me lembrar, mas deve haver outras. No cinema, a ideia também já foi utilizada à exaustão em produções que vão desde a comédia ao suspense, passando pela ação e até mesmo animações. Listamos alguns destes filmes, para que você aumente sua cultura nerd e descubra alguns “filmes menores” que podem ser grandes produções.

shrinking man10) O Incrível Homem Que Encolheu (The Incredible Shrinking Man, 1957): Durante sua lua de mel, o jovem Scott Carey (Grant Williams) é exposto a uma estranha nuvem que combina inseticida com poeira radioativa. Ao voltar para casa, percebe que fica menor a cada dia e os médicos não conseguem encontrar uma cura. Atacado pelo próprio gato, Carey vai parar no porão da sua casa e, sem que ninguém saiba onde está, é obrigado a lutar para sobreviver e não morrer de fome. Isso inclui lutar com uma aranha caranguejeira ou fugir de “perigosos” pingos de água. Interessante é perceber que os roteiristas misturaram radiação – na época usada sempre que se queria explicar algum poder fantástico – com inseticida, para explicar a redução do protagonista ao tamanho de um inseto.

9) Viagem Fantástica (Fantastic Voyage, 1966): Em plena Guerra Fria, um cientista que trabalha para os Estados UnidosViagem fantastica descobre a tecnologia de encolhimento de matéria antes dos russos. Após um atentado contra sua vida, o cientista desenvolve um coágulo no cérebro que irá matá-lo. Para salvar sua vida, um grupo embarca num submarino, que é miniaturizado e injetado no corpo do cientista. Claro que um “corpo estranho” no organismo ia chamar a atenção dos anticorpos, que desvia o submarino da rota e os obriga a correr contra o tempo para voltar à sua rota até o cérebro, pois o efeito da miniaturização pode acabar a qualquer momento. Os efeitos especiais dão a impressão de estar num parque de diversões com o tema do Corpo Humano. Gerou uma animação feita pela Filmation em 1968, com 17 episódios.

terra-de-gigantes-a-serie8) Terra de Gigantes (Land of Giants, 1968): Este não é bem um filme e nem é sobre pessoas que encolhem, mas como trata de um grupo que vai parar numa dimensão onde tudo é gigantesco, pode fazer parte da lista. Nascida da extraordinária mente criativa de Irwin Allen – que, entre outras coisas, também nos deu as séries Perdidos no Espaço, Túnel do Tempo e Viagem ao Fundo do Mar – a série durou 51 episódios e conta a história de uma equipe de astronautas que é colhida por uma estranha névoa que os transporta para outra dimensão semelhante à nossa, exceto que tudo tem dimensões gigantescas. Assim, os exploradores passam a ser perseguidos pelos gigantes (que os chamam de “pequeninos”) enquanto tentam achar uma maneira de voltar para casa. Cada episódio da série custou 250 mil dólares, o valor mais alto para uma série de TV produzida na época.

7) A Incrível Mulher que Encolheu (The Incredible Shrinking Woman, 1981): Trata-se de uma paródia de O Incrível a incrivel mulher que encolheuHomem que Encolheu, mas com uma mulher (Lili Tomlin) no papel principal. Com direção de Joel Schumacher, o tom do filme foi mudado da ficção para a comédia. Ao invés de inseticida, a protagonista é afetada pelos produtos de limpeza de sua casa, que a fazem encolher, chamando a atenção da mídia e, consequentemente, de um grupo de criminosos que querem raptá-la para descobrir a fórmula do encolhimento e – adivinhem! – dominar o mundo.

inner-space6) Viagem Insólita (Inner Space, 1987): Outro filme que passou da ficção para a comédia. Baseado em Viagem Fantástica, este longa-metragem, dirigido por Joe Dante e produzido por Steve Spielberg foi bastante popular nos anos 1980 e permanece até hoje na lista dos melhores filmes da década. Dois laboratórios disputam a descoberta do processo de miniaturização. Durante uma experiência, o tenente Tuck Pendleton (Dennis Quaid) é reduzido e os espiões do laboratório rival o injetam no corpo de Jack Putter (Martin Short), um atendente de supermercado que é hipocondríaco e fica ensandecido quando descobre que tem um ser humano dentro dele. Tuck precisa dar um jeito de voltar ao normal antes que seu oxigênio acabe. O filme ganhou o Oscar de efeitos especiais, principalmente porque foi feito sem o auxílio de computação gráfica.

5) Querida, Encolhi as Crianças (Honey, I Shrunk the Kids, 1989): Mais uma comédia na lista, desta vez protagonizada honey-posterpor Rick Moranis como o inventor amalucado que cria uma máquina capaz de encolher coisas. Acidentalmente, ele reduz os próprios filhos e os varre para o quintal. A volta para casa é uma verdadeira aventura, pois mostra as “ameaças” que podem existir num jardim. Gerou mais duas continuações: Querida, Estiquei o Bebê (1992) e Querida, encolhi a gente (1997), este último lançado diretamente para o mercado de home vídeo. Nenhum dos dois tem o charme do original.

4) Os Pequeninos (The Borrowers, 1997): Sabe quando você procura uma coisa e não acha e, de repente, ela aparece num lugar que você já tinha procurado antes, mas não tinha visto? O filme explica, de forma lúdica, o que acontece: trata-se de um povo de seres diminutos, de 10cm de altura, que vivem nas frestas do assoalho e pegam emprestados (daí o título do filme em inglês, “os emprestadores”) objetos esquecidos pelas pessoas. Arrietty, filha de um dos “pequeninos”, faz amizade com um morador da casa e ambos se metem numa grande confusão. O filme acabou gerando um anime produzido pela Disney em conjunto com o Estúdio Ghibli no ano de 2010, chamado O Mundo dos Pequeninos.

3) Lucas, um Intruso no Formigueiro (The Ant Bully, 2006): Este simpático desenho animado mostra Lucas Nickle, um Lucasgaroto de 10 anos de idade, que acabou de se mudar para um novo bairro e, logo de cara, já vira vítima de um valentão e sua gangue. Com seus familiares estão ocupados demais para perceber os problemas do garoto, ele desconta sua frustração num formigueiro em seu jardim. As formigas, porém, criam uma poção mágica que faz com que Lucas encolha até atingir as mesmas proporções dos insetos. Assim, o garoto descobre o valor do trabalho em grupo e da amizade.

2) Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland, 2010): Dirigido por Tim Burton, o filme não trata exclusivamente de encolhimento, mas de um mundo fantástico encontrado pela jovem Alice enquanto perseguia um coelho falante. No entanto, numa das cenas mais emblemáticas, Alice bebe um líquido de uma garrafa e encolhe até ficar do tamanho de uma pequena porta no canto da sala. Como esqueceu a chave da porta sobre a mesa, ela come um bolo para crescer e aumenta tanto seu tamanho que chega a bater no teto da sala, obrigando-a a tomar novamente o líquido para encolher mais uma vez e adentrar no poster reino escondidochamado País das Maravilhas. O roteiro nonsense da obra de Lewis Carroll já ganhou uma clássica versão animada pela Disney em 1951.

1) Reino Escondido (Epic, 2013): Baseado no livro infantil The Leaf Men and The Brave Good Bugs (Os Homens-Folha e os Valentes Insetos, em tradução livre), conta a história de um mundo miniaturizado que existe nas florestas, onde guerreiros garantem a existência da fauna e da flora lutando contra as forças que querem destruí-la. O amalucado Professor Bomba acredita na existência deste mundo, mas não consegue comprová-lo até que sua filha Maria Catarina é miniaturizada e ela precisa ajudar a salvar o reino da ameaça de Mandrake e seu exército de Boggans. A animação, produzida pela Blue Sky, que também fez A Era do Gelo, é de excelente qualidade e traz uma importante mensagem ecológica, mostrando que, na Natureza, tudo está conectado e o mal que se faz à menor das criaturas, reflete-se no todo.

EduEduardo Marchiori é jornalista, escreve para as revistas Mundo dos Super-Heróis e Mundo Nerd e é responsável pelo blog Raio X (http://mutantexis.wordpress.com), também voltado à cultura pop. Não acha que tamanho seja importante, mas gostaria de ter um salário maior.

Clique no ícone abaixo e curta O PASTEL NERD no FACEBOOK para não perder nossas atualizações:

Facebook

Anúncios

5 comentários sobre “RANKING: 10 Filmes de HERÓIS EM MINIATURA que não são o HOMEM-FORMIGA

  1. Lista curiosa! Dos citados eu tive a oportunidade de assistir três: Querida encolhi as crianças (na Sessão da Tarde vejam só), Os Pequeninos e Alice no País das Maravilhas. Fiquei feliz em você não citar o Garoto Formiga, que de igual ao nosso herói, só tem o nome, ele não encolhe. É, descobri esse filme esses dias e tomei um susto, pois tinha acabado de assistir Homem Formiga.

    E concordo com o Ge Amaro acima, faltou As Viagens de Guliver, com Jack Black.

    Até mais

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s