Crítica: OPERAÇÃO OVERLORD

Meio seriado dos anos 40, meio pulp fiction e com clima de gibi de terror, o filme é uma aventura exagerada, violenta e muito divertida

Por Maurício Muniz Continuar lendo

Anúncios